Os 4 pilares que novas Marcas têm de comunicar ao seu Público

P: Quais são os aspetos fundamentais que uma marca precisa de comunicar para alcançar o público alvo – especialmente no lançamento de um novo produto ou marca?

R: A chave para qualquer marca de sucesso reside numa palavra da pergunta posta em causa. Essa palavra é “fundamentais”. Várias vezes vemos empresas desviarem-se para táticas e aspetos muito específicos antes de definirem os pilares essenciais à volta dos quais a sua marca deve se envolver e divulgar ao mundo. Para qualquer startup ou empresa que esteja a lançar um novo produto, o conselho volta sempre ao mesmo assunto: faça a sua pesquisa, mantenha tudo simples e siga estes 4 pron

1. Prossiga com objetividade.

Tire um pouco de tempo para definir a sua visão e missão e exprima-as através do marketing. O seu objetivo final pode ser apenas gerar lucro ao vender um produto ou serviço, mas o seu público não quer saber disso. Eles querem saber qual é o problema que está a tentar resolver, como é que os vai fazer sentir e o que é que eles ganham com isso. Branding não é sobre como ser fixe. Como o Mark Zuckerberg já afirmou, o Facebook sempre tentou fazer algo de útil, por isso penso na troca de valores.

2. Diferencie a sua empresa das outras.

Quando desenhamos uma estratégia de branding para um cliente, uma das áreas de foco ais importante é a análise competitiva. É um dos aspetos mais esquecidos do branding que, não só gera bastante diálogo com o cliente, como surgem grandes ideias do brainstorming que decorre neste processo. Se não conhece a sua concorrência, como é que pode convencer o seu público-alvo que deve usar o seu produto ou serviço e não o deles?. Se não antecipa os movimentos dos adversários, como é que pode estar 1 ou 2 passos à frente? Mostrar como é diferente dá aos seus clientes uma razão para conhecer melhor a sua marca e aprender a gostar dela.

3. Seja memorável.

Agora já demonstrou porque é que é tão útil e diferente, tem de implantar essas noções na cabeça das pessoas, para que continuem a comprar na sua empresa e continuem a voltar. A estratégia aqui é criar uma experiência fantástica por todo o seu negócio. Isto significa construir uma cultura empresarial interna que respire e transpire a marca e que faça as pessoas querer trabalhar para si. Isto também significa criar uma experiência digital que cubra todas as redes sociais e canais de vídeos que as pessoas queiram partilhar. E isto significa pensar sobre todos os passos que um cliente toma a caminho de uma compra do seu produto, e como essa experiência pode ser socialmente fantástica.

4. Torne-o pessoal.

Redes sociais e media digital deram aos consumidores um acesso à informação sem precedentes, que os trás mais perto das marcas e que permite uma escolha mais informado, por isso porque não encorajar tradicionalistas na sua empresa para utilizar o digital, para chegar mais perto de consumidores que queiram interagir com uma pessoa real. Uma política positiva de media social, cobrindo todos os ramos da corporação, começa no topo. Ao convencer os seus colegas de equipa a criar marcas pessoais na rede, está a fechar o círculo numa estratégia de branding empresarial que mostra, inequivocamente, que está a colocar o cliente em primeiro lugar e que pretende criar uma confiança duradoura com o seu público.

Simplicidade é a chave de qualquer estratégia de branding. Complicar demais ou ter muitas considerações internas pode expor a sua marca como sendo fraturada e confusa. Uma estratégia que articula o objetivo da sua empresa, que procura envolver os seus clientes de uma forma memorável e que tem um olho atento na concorrência, irá criar uma rampa de lançamento de sucesso para qualquer novo negócio. Ao adicionar um toque pessoal, com a sua equipa a liderar a frente através das sua pegadas digitais, vai permitir acelerar a sua marca no caminho para o sucesso.

Se pretender uma equipa profissional para o ajudar na sua estratégia de branding, contacte a Mixlife.